Monitora Covid-19 é destaque no Portal Bahia Notícias

Sábado, 18 de Abril de 2020 – 16:20

Aliado ao ‘Monitora’, app para médicos amplia importância de UBSs na luta contra Covid-19

O governo da Bahia deve lançar, na próxima semana, um novo aplicativo voltado para médicos. Aliado ao ‘Monitora Covid-19’, ferramenta de auxílio para pessoas que tenham sintomas similares aos do novo coronavírus, o novo projeto deve se chamar Ipes e terá como foco garantir um atendimento mais humanizado a partir dos profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde.

A nova plataforma será alimentada com dados do e-SUS, prontuário eletrônico da atenção básica do Ministério da Saúde. “Esses dados permitem que o profissional de saúde consiga identificar se tem alguém dentre os pacientes que ele cuida está com os sintomas da Covid-19. Isso é importante porque, se por um lado, a atenção básica da saúde não é o melhor lugar para receber um paciente que chegue lá com os sintomas de coronavírus, com chance de contaminar as pessoas, de outro lado a unidade tem enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde e médicos que podem ir – protegidos, com todas as EPIs – na casa dessas pessoas para fazer perguntas que são centrais pra evitar a disseminação da doença”, detalha Hêider Pinto, coordenador de pesquisa de inovação e saúde da Fundação Estatal Saúde da Família (FESF).

Segundo Hêider, que que é médico sanitarista e professor da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), esses profissionais geralmente já têm um conhecimento maior sobre a realidade das pessoas que vivem nas comunidades que atendem, como quem mora com o paciente, as pessoas que estão em contato, ou onde essas pessoas trabalham.

“Uma coisa muito importante é garantir a orientação do médico para atender uma pessoa pelo aplicativo. Outra coisa é um profissional de saúde que já atende essa pessoa dar uma orientação para as pessoas no local. É assim que a gente enfrenta doenças como a meningite”, reforça o coordenador.

A ideia do novo aplicativo é dar mais informações sobre os pacientes que geralmente vão aos postos de saúde de determinada região, mas que nesse momento estão em quarentena para evitar a exposição ao vírus. O professor explica ainda que o atendimento dessa forma traz mais humanidade e cuidado ao paciente. “A gente estava com um problema muito grande no Brasil todo, que é a atenção básica, que é a parte mais capilarizada do SUS, estava sem papel, porque as unidades básicas não são locais adequados pra receber pacientes com Covid-19. Porém, as equipes de atenção básica têm um papel muito importante”

ALIANDO ESTRATÉGIAS
A estratégia das secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Saúde (Sesab) é aliar esse novo aplicativo a outras três ferramentas: o “Monitora Covid”; o mapa de calor com as regiões com mais casos de pessoas sintomáticas; e a Plataforma de Registro Eletrônico, que reúne informações de diversos prontuários eletrônicos do paciente para gerar um quadro mais completo da pessoa que será atendida.

 

BAIXE O ‘MONITORA’
O aplicativo “Monitora” possibilita o registro de informações de pessoas com suspeita da Covid-19, viabilizando o atendimento remoto, monitoramento e acompanhamento dos cidadãos. O app está disponível gratuitamente na plataforma android, sendo, posteriormente, disponibilizado para iOS. Para localizá-lo, é preciso fazer a busca digitando “monitoracovid”, com as duas palavras juntas, e fazer a seleção do aplicativo “Monitora Covid-19”, de cor azul, de autoria do “Governo da Bahia”, ou acessar diretamente este link: https://bit.ly/2UYHR9L.

 

https://www.bahianoticias.com.br/noticia/247122-aliado-ao-monitora-app-para-medicos-amplia-importancia-de-ubss-na-luta-contra-covid-19.html